Café com Seguro: Compliance Criminal e o Seguro

Na última quarta feira (20), a Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) realizou o Café com Seguro com o tema “Compliance Criminal e o Seguro”. O evento aconteceu no auditório do Sindseg-SP e discutiu lavagem de dinheiro, leis anticorrupção, fraudes e mapeamento de riscos de integridade.

Para João Marcelo dos Santos, presidente da ANSP e mediador do debate, essa discussão é importante, pois “a responsabilidade das empresas pela implementação de controles em geral deixou de ser uma preocupação somente de mercados tipicamente regulados, como é o caso do seguro e do sistema financeiro. Tal responsabilidade, conjugada com os novos riscos criminais e decorrentes da lei anticorrupção, é um elemento fundamental nos riscos a serem segurados e gerenciados pelas seguradoras”, afirma.

A programação foi dividida em quatro painéis. O primeiro deles contou com a participação de Marina Pinhão Coelho, advogada criminalista, que falou sobre a lei anticorrupção no mercado de seguros e a responsabilidade por atos de terceiros. “A formalização dos contratos de terceiros tem que existir para evitar a corrupção. O setor precisa se organizar para criar critérios de construção dos processos de mapeamento de terceiros”, explica.

No segundo painel, o advogado criminalista Guilherme Lucchesi expôs os riscos da lavagem de dinheiro a que estão expostas as seguradoras e corretores de seguros. O palestrante explica que, para evitar que as empresas e profissionais sejam considerados cúmplices de um segurado que esteja praticando lavagem de dinheiro, “é muito importante estar em conformidade com os mecanismos de controle estabelecidos tanto na lei de lavagem, quando na Circular Susep nº 445/2012”.

A consultora de gestão de riscos e compliance, Naiara Augusto, abordou a volatilidade do mercado de seguros e a gestão de riscos de integridade dentro do programa de compliance no terceiro painel. “Há uma necessidade de observar o planejamento estratégico e a antecipação em relação a riscos. Dificilmente a empresa conseguirá alcançar o sucesso almejado se não houver aliança entre a governança corporativa, a integridade e a gestão de riscos”, afirma.

Chiavelli Falavigno, advogada criminalista, professora de direito penal e palestrante do último painel, apresentou como as seguradoras podem, por meio de medidas de compliance, diminuir os riscos e danos causados por sinistros suspeitos ou fraudulentos. “Além de aumentar a confiabilidade do setor, essas medidas diminuem os prejuízos causados aos próprios segurados que agem de acordo com a regulação”, comenta.

O evento foi organizado por Voltaire Giavarina Marensi, Coordenador da Cátedra de Direito do Seguro da ANSP, e Edmur de Almeida, Diretor de Fóruns Acadêmicos da ANSP. “O cumprimento de normas de conduta ficou muito bem explanado. É preciso se precaver para que, no futuro, não haja revezes em detrimento dos interesses da comunidade”, conclui Marensi.

Abertas as Inscrições para o Curso de MBA em Gestão de Riscos e Seguros na Escola Nacional de Seguros Funsenseg, em parceria com a ANSP

Estão abertas as inscrições para o Curso de MBA de Gestão de Riscos e Seguros, coordenado pelo Acadêmico Professor Sérgio Luiz Hoeflich,  com a participação de diversos Acadêmicos da ANSP no corpo de professores do MBA Gestão de Riscos e Seguros, como os Confrades Sérgio Nobre, Rafael Ribeiro do Valle, Marcos Lúcio de Moura e Souza e Rogério Vergara.

O Curso traz o Modulo de Estabelecimento do Contexto (Cenários Econômicos, Planejamento Estratégico e Governança Corporativa e Controles Internos) que são disciplinas comuns ao programa a dos demais MBA da ENS, passando pelas chamadas disciplinas instrumentais, dos Módulos Avaliação e Tratamento dos Riscos (Identificação e Análise de Riscos, Fundamentos da Gestão dos Riscos Financeiros, Métodos Qualitativos e Quantitativos para Tomada de Decisão Gerencial em Riscos e Seguros,  Gestão de Seguros Corporativos, , Mercado Nacional de Seguros e Resseguros,  Gestão de Riscos na Cadeia de Suprimentos e Gestão de Riscos Legais e Conformidade Normativa,).

Especial atenção tem sido dada para Módulo de Projetos onde a disciplina de Metodologia para Projetos de Pesquisa Aplicada tem como foco principal o enriquecimento do acervo acadêmico, com a produção dos artigos técnico-científicos que serão encaminhados para avaliação das Cátedras em oportunas publicações e premiações pela ANSP.

O curso tem por objeto o entendimento dos processos de tomada de decisão referente ao gerenciamento de riscos e prepara empresários e profissionais para atuar com administração de riscos e seguros nas diversas atividades industriais, comerciais e de serviços, sendo também oportunidade de aprimoramento de gerentes e técnicos de empresas seguradoras, corretoras de seguros, reguladoras e de outras empresas de projetos e serviços, que fazem parte da cadeia produtiva do seguro.

A carga horária do MBA é de 480 horas/aula, sendo cumprida aos sábados no Rio de Janeiro, e a duração é de um ano e seis meses. Em 2018, abertas as inscrições para segunda turma no Rio de Janeiro, e a terceira turma em São Paulo com aulas as terças e quintas feiras. As informações e as inscrições podem ser feitas ainda esta semana no site da ENS (http://mba.escolanacionaldeseguros.com.br/curso/gestao-de-riscos-e-seguros)

Parceria oferece desconto em cursos no Mackenzie

ANSP assina termo de cooperação com uma das mais importantes entidades educacionais do país

Seguindo sua tradição de contribuir para o aperfeiçoamento do mercado de seguros, a Academia Nacional de Seguros e Previdência – ANSP acaba de firmar parceria de cooperação educacional com a o Instituto Presbiteriano Mackenzie, uma das melhores instituições de ensino do país.

Pelo acordo, o Mackenzie passa a oferecer desconto nos cursos – de extensão e pós-graduação – para os Acadêmicos e seus dependentes diretos, inclusive cônjuges. O desconto será de 10% e é válido para todas as unidades do Mackenzie.

Além disso, as duas instituições também assinaram um termo que prevê a realização de um Programa de Cooperação em áreas de interesse mútuo. O Presidente da ANSP, João Marcelo dos Santos, explicou que pelo acordo a ANSP poderá contribuir com projetos e programas nos cursos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), especificamente nos cursos de graduação de Ciências Contábeis, no Latu Sensu de Ciências Contábeis e Controladoria e no mestrado e doutorado profissionais em Controladoria Empresarial, nas áreas que são de interesse mútuo.

“Esse é mais um passo importante que a ANSP oferece aos Acadêmicos para a formação de profissionais que podem contribuir futuramente com o mercado de seguros, por meio da produção e da difusão de conhecimento sobre o nosso setor”, afirmou João Marcelo.

Saiba mais em: http://www.anspnet.org.br/site/convenio-ansp-mackenzie-2/

Perguntas Frequentes