A parcela representada pelos seguros de Vida representa pouco mais de 50% da produção das seguradoras no mercado de seguros do mundo. É sempre importante lembrar que, em se tratando de seguros de Pessoas, seus vários ramos tratam de aspectos que podem abranger desde situações sociais e/ou de lazer até financeiras e profissionais.

No Brasil, o percentual de participação desta importante modalidade de seguro é de aproximadamente 5% sobre a massa da população, ou seja, ainda há um imenso potencial que precisa ser atingido. No âmbito das seguradoras, os seguros de Pessoas alcançam cerca de 18% da composição dos prêmios totais.

Curiosamente, é pela decisão das mulheres que ocorrem a maior parte das aquisições familiares de seguros de Pessoas, Saúde, Previdência e mesmo planos odontológicos, sendo também mulheres os Corretores de Seguros que tem nestes segmentos 50% de sua produção.

Fatores como a elevação gradual das condições econômicas do País e aumento da escolaridade média tem contribuído também para o avanço do seguro de Pessoas.

Outro ponto relevante é a incorporação deste tipo de seguro entre os benefícios que compõe os pacotes de dissídios coletivos e, quando estes não os comportam, empresas tem utilizado isto como um dos instrumentos de atratividade na obtenção e manutenção de seus profissionais.

Mais do que o atendimento de demandas profissionais, a existência do seguro de Pessoas entre os trabalhadores leva segurança aos colaboradores das empresas, às suas famílias e, por extensão à sociedade e à própria economia.

Importante, também, lembrar que situações como despesas médicas, diárias de incapacidade temporária, diárias hospitalares e casos de invalidez, além das situações de morte, também podem ser cobertos pelos vários tipos de seguros de Pessoas disponíveis no mercado de seguros, havendo diversos tipos de combinações de coberturas à disposição.

O esclarecimento dos consumidores através das campanhas das Seguradoras, dos programas de expansão do conceito de seguro por meio das Entidades do mercado de seguros e do diligente trabalho dos Corretores e seus colaboradores, tem se combinado de forma a propiciar a expansão dos benefícios da securitização dos riscos a que estão sujeitas as pessoas de forma bastante positiva.

Todo esse processo de crescimento dos seguros de Pessoas, para que se encaminhe de forma adequada e tenha a necessária sustentação de longo prazo, deve ser acompanhado por profissionais capacitados e que levem tanto àqueles já inseridos no universo de Segurados quanto aos que ainda não o são, informações atualizadas sobre a evolução de suas apólices e certificados, bem como sobre novas possibilidades.

Antecipação, planejamento e atualização são imprescindíveis para que as vantagens em possuir um seguro de Pessoas possam ser desfrutadas em todo seu potencial, assim, os profissionais que lidam nesta atividade devem buscar constante atualização e especialização para oferecer o maior grau possível de bons serviços, haja vista a relevância deste tipo de seguro na sociedade.

Do ponto de vista da própria sociedade, é inegável o dever de cada um zelar pela sua própria proteção e também daqueles que de nós dependem, não só como nosso dever social, mas também como um ato de amor, criando um ambiente de continuidade, segurança e prosperidade que está acessível a muitos. Alguns até que nem sabem que por ele já estão protegidos.


Dilmo Bantim Moreira

É Presidente  do CVG/SP, Diretor de Relacionamento com o segmento de Pessoas da ANSP, administrador pós graduado em gestão de seguros e previdência privada, atuário, membro da Comissão Técnica de Produtos de Risco da FenaPrevi e de Seguro Habitacional da FenSeg, docente em Seguros de Pessoas, Previdência Complementar, Capitalização, Saúde e colunista em mídias de seguros.


Esta publicação online se destina a divulgação de textos e artigos de Acadêmicos que buscam o aperfeiçoamento institucional do seguro. Os artigos expressam exclusivamente a opinião do Acadêmico.

Expediente – Diretor de Comunicações: Rafael Ribeiro do Valle | Conselho Editorial: João Marcelo dos Santos (Coordenador) | Dilmo Bantim Moreira | Felippe M Paes Barretto | Homero Stabeline Minhoto | Osmar Bertacini | Produção: Oficina do Texto |Jornalista  responsável: Paulo Alexandre | Endereço: Avenida Paulista, 1294 – 4º andar – Conjunto 4B – Edifício Eluma – Bela Vista – São Paulo – SP – CEP 01310-915| Contatos: (11)3333-4067 ou 3661-4164| secretaria@anspnet.org.br  | www.anspnet.org.br |